Família tem casa roubada e papagaio de estimação levado por assaltantes em Fortaleza
18/09/2017 22:16 em Notícia

Por G1 CE

 

 
 
 

Papagaio 'Kadu' foi levado pelos assaltantes.

Assaltantes arrombaram a residência de um casal, na manhã deste domingo (18), em Fortaleza, e roubaram praticamente todos os objetos das vítimas, incluindo documentos, eletrodomésticos, além de um papagaio de estimação. O casal e as filhas, que estavam de mudança, ficaram na capital somente com as roupas do corpo, já que os criminosos também levaram as demais roupas. O roubo ocorreu na Rua do Pereiro, no Bairro Jangurussu.

Segundo a atendente Andreia Maia, o arrombamento ocorreu entre 7h e 11h, quando ela e o marido saíram para a igreja. O casal iria se mudar de Fortaleza para o Distrito Federal na quarta-feira (20) e já havia deixado os pertences encaixotados dentro de casa.

Quando eles chegaram à residência, encontraram o local aberto e as duas cachorras presas dentro de um dos quartos. Os assaltantes levaram caixas com documentos, diplomas de faculdade, álbuns de fotos, além de eletrodomésticos, dinheiro e outros pertences.

"Levaram praticamente tudo. Estava tudo encaixotado porque a gente ia se mudar. Roubaram nossas roupas, álbuns, perfumes, documentos, tudo. Até uma máquina de lavar eles conseguiram levar. Só deixaram mesmo um colchonete e algumas vasilhas", comentou.

A vítima conta ainda que os assaltantes roubaram o papagaio de estimação que morava com família há mais de um ano. Os criminosos também bateram nas duas cadelas que eram criadas dentro da casa. A família encontrou as cachorras trancadas dentro de um dos cômodos.

O casal divulgou o caso nas redes sociais para tentar localizar, pelo menos, o papagaio e os documentos. Em pouco mais de 12h, a publicação teve mais de mil visualizações.

"O nome dele (papagaio) é 'Kadu'. Ganhamos ele de aniversário há um ano e meio. Ele já estava acostumado com a gente, com nossas filhas. Estamos muito preocupados. Gostaríamos de recuperar pelo menos o nosso papagaio e nossos documentos para que a gente consiga ir embora", disse.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!